TUDO QUE EU QUIS | Ivor Lancellotti

Large

1. Tudo Que Eu Quis -

2. Bravo Mar -

3. Efeitos -

4. Milagres -

5. Feito Pena -

6. Força de Vontade -

7. Nascente e Ocaso -

8. Porvir -

9. Pois É, Professor -

10. Quixeramobim -

11. Sonhos e Planos -

12. Morro -

As faixas presentes em "Tudo Que Eu Quis", quinto disco de Ivor Lancellotti, refletem um traço fundamental da obra do músico: a capacidade de construir canções com riqueza melódica e profundidade poética, mas que soam simples, naturais. Estas canções também testemunham a variedade de referências manejadas pelo autor. Pois, se no álbum “Em Boas E Mais Companhias” (Dubas, 2011) Ivor mergulha no universo do samba, desta vez, inclina-se um pouco mais para as marcas que o fado português e os gêneros dele derivados deixaram em nossa música. Idealizado e produzido por Daniel Roland, o disco traz um repertório quase todo inédito – a única exceção é "Bravo Mar", gravada pelo grupo Fino Coletivo no álbum Copacabana. Nos arranjos, o violão de Ivor é a base para as performances de Joey Altruda (contrabaixo), Maria Borba e Alvinho Lancellotti (vocais), Altino Toledo (bandolim), Zero Telles e Domenico Lancelloti (percussão), Renata Neves (violino), Pedro Sá, Camila Costa e Junior Pita (violão). Ivor assina todas as composições, algumas delas em parceria. Com Roque Ferreira, a resignada "Quixeramobim". Domenico Lancellotti escreveu a inspirada letra de "Bravo Mar". Alvinho Lancellotti, por sua vez, é o parceiro mais frequente. São quatro composições, entre elas "Morro", que Alvinho canta ao lado do pai ao final do disco.

Compre pela web

CD
Digital
  1. iTunes

»